Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O Slogan – “ deixe o cuidado da sua saúde em mãos de profissionais”

imagem copiada net

O texto abaixo não é meu, mas tudo o que é dito nele faz sentido para mim, questionei-me um pouco, se devia ou não de traduzir e publicar, pois não vá eu ser “queimada “ na fogueira.
Texto De Pablo Palomo.


Recentemente comprei numa farmácia umas lancetas (objetos para puncturar) e deram-me as numa bolsa que tinha imprimido a seguinte frase:” deixe o cuidado da sua saúde em mãos de profissionais”.
 Rapidamente, me veio à mente a publicidade e a propaganda que fazem uma e outra vez para transmitirem á população o que querem.
Mas, quem são esses profissionais?
 Qual é o espirito ou a intenção por trás deste slogan?
O que cuidam estes profissionais: a saúde ou a doença de seus pacientes?

Os profissionais de Saúde
Não duvido que, os profissionais a que fazem referencia sejam os farmacêuticos e os médicos.
Parece que a filosofia por trás deste tipo de publicidade é: “ você não se preocupe com a sua Saúde, já que você não estudou nem medicina nem farmácia, somos nós os “entendidos” que temos cursos universitários e somos autorizados e melhor preparados para cuidar da sua Saúde.”

Entendo que de alguma maneira, os farmacêuticos querem proteger os seus clientes da automedicação, perigosa por necessidade, devido aos seus efeitos secundários.
Se a intenção da propaganda é esta, então está tudo bem.
 Se lermos o folheto informativo que acompanham os medicamentos temos mais do que necessidade de acompanhamento, pois o perigo da toma destes medicamentos químicos é tão grande, tanto com receita medica como sem ela, daí precisarmos de aconselhamento farmacêutico, ou seja de profissionais que percebam de fármacos.
Mas, dá-me a sensação que a intenção da publicidade vai mais longe.

Inquisição médica?
De alguma maneira a frase: “ deixe o cuidado de sua Saúde em mãos de profissionais” nos recorda a Inquisição medieval levada a cabo pela Igreja Católica, a qual proibia a leitura da Bíblia nas línguas do povo (inclusive no latim) e não era porque as pessoas não sabiam latim e não era por não terem estudado teologia nas escolas católicas, mas sim (diziam eles) pela interpretação incorreta das Sagradas escrituras. Isto significava “só os doutores sabem interpretar corretamente as escrituras.”
Na realidade o clero não desejava que o povo tomasse conhecimento da verdade, nem das “leis” que eles ensinavam e que claramente eram condenadas pelas Escrituras. Se ao povo tivesse sido dado a oportunidade de ler a Bíblia, este teria descoberto a mentira na qual se baseava esta organização.
 Todos sabemos o que se passou.

Pois bem, esse espirito que há atrás “deixe o cuidado de sua Saúde em mãos de profissionais” soa sinonimo de, você não se preocupe, nós somos os doutores, nós sabemos, nós temos estudado, mas vocês NÃO leiam muito sobre temas de Saúde, não se vão confundir, ou equivocarem-se porque podem fazer dano.

Só que neste momento, temos a INTERNET que está ao alcance de todos.
Quanta informação sobre Saude – boa e má.
Será que devemos unicamente ouvir estes profissionais e não nos confundirmos com tanta informação? Isto recorda novamente a inquisição medieval.
Naquela época surgiram pessoas que desobedecendo ás ordens da igreja católica começaram a traduzir na clandestinidade a Bíblia para as línguas que se falavam. Claro que a igreja os perseguia, os condenava, e os queimava tanto a eles como às suas traduções. Sem dúvida, triunfaram. 
O conhecimento começou a estar ao alcance do povo, as pessoas começaram a ler, a saber, a inteirar-se da realidade, a tirar as suas próprias conclusões, a investigar por sua conta.

Acredito que tudo o que é certo é iluminado e um dia se verá, da mesma forma que se deu com a inquisição, também se dará ou já está a dar com a Saúde, que é as pessoas se questionarem e buscarem respostas às suas perguntas, e NÃO simplesmente obedecer.


Sem comentários:

Enviar um comentário