Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Suco da grama do trigo prova curar colite ulcerosa e oferece esperança a pacientes com cancro de mama submetidos à quimioterapia.

imagem copiada net

Há mais de 60 anos que defensores da Saúde por métodos naturais, louvam as propriedades da grama do trigo, mas só recentemente é que se fez um estudo para “provar” a sua eficácia.

O estudo foi apresentado na Scandinavian Journal Of Gastroenterology. 
Pacientes com colite ulcerativa ativa receberam 100cc de suco de grama de trigo em relação a outros que receberam um placebo. Os que completaram o estudo mostraram uma redução significativa na atividade da doença. Os pesquisadores apontam que este sucesso se deu devido ás propriedades antioxidantes contidas no suco da grama do trigo.

Outro estudo foi feito com pacientes com cancro de mama submetidos à quimioterapia e que receberam suco, para se poder observar se este inibia a mielotoxicidade.
Os antineoplásicos, como a quimioterapia afeta as células que estão em proliferação rápida, e provocam uma supressão da medula óssea, o que acarreta graves desequilíbrios na imunidade, coagulação de sangue, etc.
O estudo provou que o suco da grama de trigo pode reduzir estes problemas e principalmente a mielotoxicidade mesmo durante a quimioterapia.

Suco da grama do trigo absorve radicais livre e inibe células de gordura em ratos
A capacidade deste sumo absorver radicais livres foi observada usando o extrato da grama em base de água ou à base de álcool.
O estudo apresentou não só as propriedades antioxidantes impressionantes da grama do trigo, assim como também mostrou reduzir a gordura nas células hepáticas dos ratos.

O que é que estamos à espera para passar numa dietética, comprar trigo para germinar, colocar por 8 a 12 horas em água, escorrer e por numa bandeja com terra. Deixar crescer a grama, cortar, bater e beber o seu suco.

Façamos pela nossa Saúde…

 Fonte: traduzido da Natural New e adaptado por Mundo Higeia

Sem comentários:

Enviar um comentário