Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Palestra de Ana Branco - Crudivora à 20 anos


A palestra abaixo é de Ana Branco, professora do departamento de artes da PUC no Rio de Janeiro.
Criadora do BIOCHIP, uma forma muito pessoal de explicar a alimentação viva, faz uma comparação entre o chip existente num computador e as sementes, hortaliças e frutas cruas que são concentrados vivos de informações armazenadas – “biochip”.
Defende que ao comermos alimentos vivos temos acesso as informações enviadas pelo Sol.
Ela brinda à Vida e ao Prazer de comer Cru.



quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Almoço Vivo



Prato composto por: Pão (linhaça e girassol) com queijo de amêndoa fermentada. 
Rabano, cenoura e beterraba ralada, com salada de alface, rucula, tomate e cebola, temperada com sal marinho, sumo de limão, azeite virgem e hortelã.

Mascara Facial Caseira


Tudo tem solução!
Antigamente usava muito a expressão “não tenho tempo”, queria fazer isto e aquilo e não conseguia. Neste momento faço tudo, tudo o que proponho fazer, vou e já está.
Chegava a casa, fazia o jantar, arrumava a cozinha e pouco mais fazia, porquê?
Por falta de energia.
Descobri a solução, e ela é COMER CRU.
Neste momento durmo 6 horas seguidas, e levanto-me para a Vida, com vontade de a viver.

Estou a fazer coisas que estavam projetadas mas que não aconteciam, como hidratar a minha pele facial.

Fiz uma mascara para hidratar e amaciar a pele, com os seguintes ingredientes:
- Meio iogurte Natural
- 1 colher de sopa de mel
- 2 colheres de sopa de flocos de aveia triturados.
Envolvi bem os ingredientes.
Tem aspecto de papa de pequeno-almoço, mas é assim mesmo, não devemos de colocar na pele aquilo que não colocaríamos na boca.
Coloquei em todo o rosto, pescoço e peito.

Também apliquei na sola dos pés, estavam a precisar de serem cuidados, quando ando no jardim a tratar das alfaces e das suas companheiras verdes, normalmente ando descalça, dai o aspeto visual não estar muito bonito.

Sentei-me no sofá, e reli coisas no livro “ O extraordinário poder curativo das coisas simples” de Larry Dossey, fundador da Medicina Corpo-Mente, um livro de um médico que vê mais que a “máquina” humana.

Aqui estive, no meu SPA caseiro, 30 minutos.

Limpei tudo com agua.
Entretanto já tinha preparado o meu tónico.
Infusão de Cavalinha ( Equisetum), deixei ferver 10 minutos, para passar bem os princípios ativos.
Deixei arrefecer, filtrei e coloquei num frasco de vidro, para poder ser usado nos próximos dias. Tem de ficar no frigorífico.
Limpei todo o rosto, pescoço e peito com um algodão embebido nesta infusão fitoquímica.
A cavalinha contém silício orgânico que é um elemento que regenera as células da pele, estimula as fibras de sustentação como o colagénio, elastina e fibroblastos de forma a manter a pele firme e repor os minerais perdidos.  
Não secar. Deixar que a pele absorva toda a humidade.

Depois disto, fui para a dimensão dos sonhos.




quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Suco Milagre


Não temos que saber tudo, mas precisamos tomar consciência de algumas “receitas” benéficas para a nossa Vida.
Uma delas é este suco.


Precisa de 4 ingredientes

- 1 Beterraba grande ou 2 pequenas
- 2 Cenouras
- 1 Colher de sopa de levedura de cerveja
- 1 Colher café pólen



Bater no liquidificador a beterraba, a cenoura com um pouco de água.
Filtrar.
Juntar a colher de levedura e a de pólen, mexer e beber.

Suco para fortalecer o sistema imunológico, rico em betacaroteno e substâncias anticarcitogênicas.

Suco essencial para:
- Para quem tem cancro
- Para quem faz ou vai fazer quimioterapia
- Nas cirurgias
- Nas anemias ferropénica
- Nas mulheres com menstruações abundantes e metrorragias

É um suco milagre, por isso não fique pelo conhecimento desta parte teórica, passe à prática, o seu sabor é agradável.
No meu caso, que estou a fazer uma alimentação crudívora, e como todos os dias beterraba e cenoura, decidi introduzi-lo 3 vezes por semana. Tomo à segunda, quarta e sexta.
E, você quando vai toma-lo?

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Clinica que trata o cancro sem quimioterapia




É meu objetivo futuro, publicitar clinicas onde se trata o cancro de forma NÃO agressiva.
 Uma delas é A Healing pathways Cancer Clinic (clinica do caminho de cura para o cancro), no Arizona ( EUA) que cumpre o juramento médico de “ primeiro não fazer mal”. 
Oferecem um programa com varias modalidades dentro da filosofia Naturopática, com programas de limpeza corporal e fortalecimento do sistema imunológico, segundo o Dr. Andrew Dickens, medico desta clinica, são possíveis remissões de cancro mesmo em fase terminal 4.

Nesta clinica não se faz quimioterapia, consideram-na agressiva para o sistema imunitário. 
Quando o doente é informado que o cancro está a “responder” à quimioterapia não significa “cura”, pois a quimioterapia pode encolher um tumor, mas não necessariamente prolongar a vida da maioria dos pacientes.
A quimioterapia é um foco sobre os sintomas do cancro ( o tumor) e não sobre as causas.

O tratamento passa por uma avaliação do paciente, por alterações na dieta e por tratamentos comprovados como a Hipertermia, Terapia enzimática, o re-equilibrio do sistema imunológico, a obtenção de Vitamina C , D e ferro, a cirurgia e os enemas.



segunda-feira, 24 de setembro de 2012

A magia do Outono


Uma folha se desprende… e com o vento cai…sua irmã vem atrás…largam o conforto habitual... não questionam a queda...e seguem o percurso que lhes foi destinado.
É assim que a sábia Natureza atua.

Outono é a estação de transição entre o calor (yang) e o frio (yin) época de reciclar, de largar “muitas folhas”, e perceber onde temos de limpar.
Limpar…para que um novo ciclo floresça na Primavera.


Miguel Torga escreveu:
O que é bonito neste Mundo e anima, é ver que na vindima de cada sonho fica a cepa a sonhar outra aventura…
E que a doçura que se não prova, se transfigura numa doçura muito mais pura e muito mais nova…


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Os 7 Chakras

imagem retirada net

Penso que todos já ouviram falar sobre Chakras.
De uma forma muito resumida podemos dizer que são centros energéticos, que precisam de estar em harmonia, para podermos ter equilíbrio e serenidade.
Para os equilibrar, devemos recorrer às formas tradicionais, como entoar mantras, ouvir sons que regulam estes centros de energia, nutrir-nos com “alimentos arco-íris” ou seja com cores, também muito importante é observar a Natureza e nesse êxtase de perceber, sentir a sua magnitude, ela nos equilibra de forma a termos sempre bom-senso em relação ao mundo e ás nossas escolhas.

Chakra Básico: para equilibrar este chakra devemos observar e sentir o Sol nascente ou poente (SunGazing), assim como caminhar ou sentar sobre a terra, sobre a areia.
Os alimentos que o alinham são os com carotenoides como a maçã, melancia, morango, tomate, etc…
O mantra para a sua ativação é LAM

Chakra Umbilical: muito bom para o alinhar é observar a Lua, principalmente a lua cheia.
Sentir aguas, quer sejam marinhas, de rio até mesmo as do banho, sentir agua, o quanto de rica ela é e nossa relação com ela.
Na alimentação, este Chakra precisa de líquidos, que podem ser bebidos em forma de água, ou de agua estruturada coma a que se retira das frutas e dos vegetais.
A cor é o laranja, por isso vamos comer abobora, tangerina, laranjas, damascos, etc..
O mantra relacionado é VAM

Chakra do Plexo solar: este Chakra gosta de sol, gosta que observemos a luz solar (não usar demasiado óculos escuros) e de campos amarelos, como os dos girassóis.
Com amarelo temos a banana, abacaxi, milho, melão e o nosso amigo limão.
O mantra para você entoar ´RAM

Chakra Cardiaco: este Chakra pode ser equilibrado no meio de campos verdes, mas há quem defenda também a observação de flores cor-de-rosa.
Precisa da energia do verde, como suco verde, legumes e frutas verdes, abacate, kiwi.
O mantra é YAM

Chakra Laringeo: neste vamos olhar para o azul do céu e ver esse mesmo azul refletido na água.
Gosta de todos os tipos de frutas.
O mantra é HAM

Chakra Frontal: se equilibra quando você se perde a olhar o céu noturno.
O som mântico é o SHAM
Os alimentos que o harmonizam, são os ricos em Vitamina B, como figos, uvas pretas, amoras, framboesas, assim como infusões de hortelã e menta.

Chakra Coronário: este centro energético comunica-nos com o Divino. É importante olhar o horizonte, assim como subir uma montanha e de lá de cima olhar para o infinito e perceber que nós também o somos.
Devemos ingerir alimentos ricos em vitamina B e flavonoides como alho, banana, cebola, pera entre outros.
O mantra é o som universal OM

Que cada um de nós perceba que tem um centro e um caminho para encontrar

O vídeo abaixo é um desenho animado com uma excelente explicação sobre Chakras em espanhol ou inglês.


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

A alimentação Viva promove a Saúde

o meu almoço de ontem

Penso, que é uma questão de tempo para que a dieta crudívora, crua ou 80% crua seja considerada medicinal.
É uma alimentação hipocalórica, enzimática e mineralizada, tudo de bom para as nossas células.

O prato acima é composto:
- Salada de alface e tomate
- Beterraba, abobora e rabanete ralado.
- “Hambúrgueres” de cenoura cru-zido.
- Rodelas de beterraba com queijo de amêndoa fermentado.

 Este conjunto de cores, e sabores vivos promovem a reestruturação do epitélio digestivo, ajuda nas funções pancreáticas e hepáticas, além de criarem toda uma condição para que haja maior absorção e mobilidade intestinal.

Chegar e Partir – dois lados da mesma viagem


Quando nasci, cheguei e entrei no trem da vida.
Neste momento faço a viagem, mas sem saber quando, um dia descerei, abandonarei o meu lugar na carruagem.
Todos vamos abandonar.

Todos os dias há este vai e vem, com pessoas que vem para ficar e outras para ir embora, porque não há exceção, se há um nascimento terá que existir o seu contrario - a morte.
Esta saída do trem não é vista por todos da mesma forma. 
Para uns o nosso “EU” se perpetua em varias aprendizagens e em varias encarnações, para outros a nossa vida é única, é aqui, e a morte é o fim.

Eu acredito que sempre existirei, e acredito que você sempre existirá, não sei em que dimensões, sei que neste momento estou aqui, e você é meu companheiro de viagem.
A qualquer momento posso descer, por isso não perco muito tempo a pensar nisso, não permito que essa projeção futura me impeça de viver este momento – o Agora.

E agora, estou a escrever, estou a valorizar a oportunidade de estar aqui e no futuro, no momento do fim (ou do começo) tudo acontecerá como tem de ser, até lá cabe-me a mim escolher como viver.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Porque temos de comer e beber Pepino

Pepinos oferecidos pela vizinha

O pepino é um grande alimento, e como todo o alimento, ele pode ser medicamento.
Segundo a medicina chinesa, ele tem em si varias propriedades curativas.

A bromatologia, é a ciência que faz a análise detalhada da composição química dos alimentos, assim como do seu valor nutricional, propriedades físicas e químicas, ou seja, são eles que dizem que o pepino tem poucas calorias, boa quantidade de fibra, alguma vitamina C, sendo também uma boa fonte de potássio.

Mas, na China, os alimentos são estudados pela sua natureza energética.
A natureza do pepino é fresca, ou seja tem um efeito refrescante sobre a temperatura do corpo, e o seu sabor é doce.

Propriedades Curativas:
- Limpa o corpo de toxinas, limpa e purifica o sangue. 
Muito útil na desintoxicação do corpo em todas as condições de toxicidade. Com isto, já podia ficar por aqui, pois limpar o corpo é o ato mais importante para a Saúde. 
Mas, continuemos...

- Elimina o calor do corpo, assim como febres e calor de verão, auxilia nas insolações.

- Beneficia o coração, regula a pressão arterial.

- Fortalece a relação baço/pâncreas.

- Fornece humidade ao intestino grosso (útil nas prisões de ventre com fezes muito duras, que indicam calor no intestino com falta de humidade). Também mata vermes.

- Fornece humidade aos Pulmões – benéfico nas mucosidades pegajosas e amarelas, o que mostra o calor e a falta de humidade no pulmão.

- Excelente para a pele, por isso faz parte das telas de cinema das senhoras bonitas (tenho de experimentar).
 Pepino ralado e colocado sobre a pele, rejuvenesce as células e tecidos do rosto. 
O suco de pepino acelera a cicatrização de queimaduras e feridas. 
O seu alto teor em sílica ajuda o organismo a regenerar o tecido conjuntivo, ossos, músculos, cartilagens, ligamentos e tendões. 
O suco também pode ser aplicado em doenças de pele, como eczema, psoriase ou acne, sempre que apresentar uma coloração avermelhada de calor.

-Quando feito em picles auxilia a digestão.

- Tem benefícios nos rins e na bexiga, conveniente nas infeções renais e urinárias. Ajuda a dissolver os cálculos renais.

- Rodelas de pepino aliviam os olhos inflamados, inchados e secos.

- É benéfico em toda a condição inflamatória, por isso também se recomenda nas depressões, pois acalma a mente.

- O silício e o enxofre que contem, promove o crescimento do cabelo.
 Beber misturado com sumo de alface, cenoura ou espinafre para aumentar esta função.

Como vimos acima, o pepino é um excelente medicamento, um alimento a ter em casa e a consumir diariamente, mas atenção consuma unicamente quando é a estação dele.

Porquê que o pepino é tão benéfico para o nosso corpo?
Porque eles são extremamente alcalinizantes e as doenças só se desenvolvem em meios ácidos. A alcalinidade dos minerais do seu suco (com casca que é rica em clorofila) neutraliza a acidez.

Faço uso do pepino esporadicamente em saladas, mas não o dispenso no meu suco matinal, no meu banho de luz celular.
Durante todo o verão, tenho no quintal da vizinha uma boa plantação de pepinos, que vão caindo á minha porta. Há gente de sorte, e eu considero-me uma delas.

O meu suco, no qual faz parte o pepino:
suco:  laranja, abobora, pepino, maçã, cenoura e couve galega

Tudo tem o propósito de nos fazer Crescer

imagem copiada net

É primordial para a nossa evolução – Confiar.
E, confiar é acreditar e sentir que TUDO O QUE NOS ACONTECE TEM UM PROPOSITO e tem um porquê. 
Muitas vezes não percebemos os “acasos” que surgem na nossa Vida, mas se cada um olhar para trás, para sua trajetória e ficar de frente com as experiencias do passado – as boas e as más – vai perceber a importância de cada uma delas para que chegássemos aonde estamos e a quem somos.

Todas as grandes historias, têm o momento do sofrimento, o momento de enfrentar o grande desafio, fazendo imergir o herói, o Ser que mostra a fé e a força para seguir em frente.
Cabe a nós aproveitar todos os acontecimentos para aprender, crescer, prosperar, vivendo cada um deles com muita luz e sentimento.

O jornalista Mário Rosa no seu livro “A Síndrome de Aquiles”, dá uma imagem comparativa do significado dos problemas ou incêndios na nossa vida: 
"Quem já foi a um parque como o Yosemite, na Califórnia, teve o raro privilégio de ver de perto o maior monumento vivo do reino vegetal: as lendárias sequoias.
 Estas árvores alcançam alturas impressionantes e chegam a viver até 4 mil anos.
É quando se está diante de um portento tão poderoso como uma sequoia, vendo-a viva, tocando esta testemunha da história de nosso planeta, que 40 seculos de vida deixam de ser apenas um numero e passam a evocar uma forte emoção e algumas reflexões.
Uma sequoia já estava naquele mesmo lugar há 2 mil anos quando Jesus nasceu. Quando a civilização egípcia estava a terminar a construção da Grande pirâmide de Gizé, as sequoias que hoje vemos vivas e pujantes já haviam brotado da terra. 
Se compararmos a duração da vida de uma sequoia com a de um ser humano, descobriremos que cinco anos dessa árvore representam em relação ao todo de sua existência o mesmo que um mês significa para um ser humano.

Intrigados com tanta força e resistência, os cientistas, com o passar do tempo, foram descobrindo os fatores que fazem com que as sequoias sejam esse fenómeno de sobrevivência.
Um dos segredos da vida de uma sequoia é o fato de que, por ser tão alta, atrai raios durante as tempestades. São justamente os raios que provocam incêndios que, por sua vez destroem os galhos mais pesados da árvore, possibilitando-lhe que concentre sua seiva nos galhos realmente importantes e indispensáveis.
Em sua vida, raios, tempestades e incêndios são crises que, em vez de destruição, permitem purificação.
Fazem com que ela não desperdice seiva, concentrando-se nos ramos essenciais. 
Isto permite que continue a crescer. E a sobreviver.

Tal como as sequoias, nós somos seres com poderes infinitos, precisamos apenas que alguns raios nos ataquem para conhecermos nossa força.
Muitas vezes a dor parecerá insuportável, as perdas insuperáveis, os obstáculos intransponíveis. 
Mas, com fé e determinação, descobriremos que somos maiores que tudo isso e, no final celebraremos nossas vitórias.”

Quando um raio o atingir, lembre-se das sequoias.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Não podemos nos envenenar com Aspartamo


Todos sabemos, ou já ouvimos falar dos malefícios do açúcar.
Estudos apontam que este produto branco de “branco” só tem a cor.

No poste de hoje, não venho falar do açúcar, mas sim realçar os perigos de uma dieta “sem açúcar” tendo como substituto o aspartamo.

Jean-Luc Darrigol escreveu o livro “ O aspartamo e outros edulcorantes”, nele fala dos perigos que representam os edulcorantes artificiais, cheios de efeitos colaterais devido aos seus componentes perigosos.
O autor recomenda-nos ler cuidadosamente as etiquetas daquilo que comemos e abstermos de produtos edulcorados.
Foram identificados 92 efeitos prejudiciais no aspartamo. 
Como são:
- Fadiga geral
- Insónia
- Depressão
- Enxaquecas
-perda de memória /falta de concentração
- Irritabilidade
- Etc.

O QUE É O ASPARTAMO?
É conhecido como o E951, é um edulcorante artificial, formado quimicamente por fenilalanina, ácido aspártico e metanol. 
Os produtos (não posso chama-los de alimentos) com aspartamo mostram um aviso do tipo “contem uma fonte de fenilalanina”, pois esta é prejudicial à saúde e em quantidades excessivas pode-se tornar toxica e provocar tumores cerebrais.
O ácido aspártico é um aminoácido que facilita a transmissão entre os neurónios, mas quando em excesso altera o processo de transmissão nervosa, e destrói pouco a pouco os neurónios.
O metanol representa só 10% do aspartamo, mas quando absorvido, decompõe-se em 3 elementos:
- Formaldeído – que é um cancerígeno
- Ácido Fórmico – que desencadeia uma acidez nociva no organismo
- Dióxido de carbono

ONDE ENCONTRAMOS ASPARTAMO?
Está presente em mais de 6000 produtos.



Prevenção é isto. É conhecimento.
É responsabilidade pela nossa Vida.

Quem é Jean-Luc Darrigol?
-É um francês, um pioneiro da ecologia, o primeiro a levantar preocupação com o futuro do nosso planeta.
-Em 1971 criou a “associação para o conhecimento e respeito pela Natureza”.
-A partir de 1973 deixou de lecionar e dedicou-se às medicinas alternativas, das quais é um propagador ardente.
-Em 1978 escreve a coleção de livros “Natural Health”.
- Escritor de vários livros, todos eles dedicados ao conhecimento da natureza, como plantas medicinais, óleos essenciais, nutrição e fitoterapia.

Veja o que esta médica diz, sobre o Aspartamo:

O Tempo tem todo o Tempo

imagem copiada net

Muito antes de Cristo, o sábio rei Salomão disse: “ Há um tempo para tudo debaixo do sol”.
Mas, a pressa chegou e tornou-se um dos males do nosso tempo.
A pressa pode ser sinonimo de impaciência e esta de “indesenvolvimento”, porque não permite a assimilação.

Certa vez, um pai perguntou ao diretor de uma universidade se o currículo escolar não poderia ser simplificado para que o seu filho conseguisse mais habilitações de uma forma mais rápida.
“Sem dúvida”, respondeu o professor. “Tudo depende, do que o senhor quer fazer do seu filho. Quando o Criador quer fazer um carvalho, por exemplo, leva cem anos. Quando quer fazer uma abobora precisa apenas de três meses.”

Corremos mais que o leito do rio, por essa razão cansamo-nos, queremos ser nós a controlar a Vida, mas tudo isto foi feito para ser a Vida a correr em nós.
E, esta Vida, a Natureza mostra-nos que o nosso ritmo não é normal.

Tudo tem o seu tempo, e o tempo tem todo o tempo, não devemos apressa-lo, se bem que a pressa é um estado interno que se manifesta no exterior, mas lembremo-nos de uma frase que diz.” Primeiro a erva, depois a espiga e por último o grão cheio de espiga”.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Cuidado com o Leite, ele pode contribuir para o cancro de mama e de próstata

imagem copiada net

Homens que consomem leite de vaca, mesmo magro, deparam-se com um aumento de probabilidade de terem cancro de próstata, de acordo com dois novos estudos no American Journal of Epidemiology.
Este estudo não encontrou associação entre o risco de cancro de próstata e o consumo de cálcio ou de Vitamina D, mas, encontrou uma associação entre o consumo de 1 copo de leite mesmo magro tomado todos os dias, com o desenvolvimento do cancro da próstata.

Dois grandes estudos da universidade de Harvard, mostraram que o leite e as bebidas lácteas aumentam significativamente o risco de Cancro de próstata.
Pensam que seja pelas razões seguintes:
- O leite aumenta os níveis de fator de crescimento de insulina-símile(IGF-1), que é um agente mitótico, que estimula o crescimento de células de vários tecidos, tais como os osteoblastos ou as células cancerígenas, inclusive as células do cancro de mama, ou como neste caso o cancro da próstata.
2) Diminui a ativação do precursor da Vitamina D. A vitamina D ajuda na proteção contra o cancro de próstata.

Nos últimos anos tem vindo à luz muitos dos malefícios do leite, da sua relação com algumas doenças inclusive o cancro.
Our Life In Your Hand é um livro da autoria da professora Jane Plant, geoquímica e chefe do setor de pesquizas geológicas do British Geological Survey.
O livro relata a sua experiencia pessoal com cinco tumores mamários e os tratamentos convencionais a que se submeteu, mas o que a curou foi as mudanças nos seus hábitos alimentares e estilo de vida, principalmente a eliminação de todos os lácteos.

Perante o diagnóstico inicial de cancro de mama, o tratamento foi uma mastectomia (tirar mama) para tirar o cancro, e junto fizeram uma histerectomia (tirar ovários) para lhe provocarem a menopausa, suprimir a produção de estrogénio, para que dessa forma ocorre-se  cura.
Mas, não houve cura.
Pelo contrario, o cancro apareceu mais quatro vezes. Submeteu-se a radioterapia e a quimioterapia.

Trabalhava com o seu marido em problemas ambientais e numa viagem de trabalho à China, verificou que as chinesas tinham uma percentagem de cancro de mama muitíssimo menor.

Investigaram a forma de vida e alimentação dos orientais,  Jane e seu marido descobriram que as mulheres chinesas não tinham cancro de mama, nem os homens tinham tumores prostáticos.
E o que havia de diferente era o – beber leite.
Os orientais sabem que um ser humano adulto não digere o leite, logo não o tomam, e são incapazes de compreender a preocupação ocidental por tomar leite de vaca. Eles nunca o utilizam, nem para alimentar bebés.

No meu curso de Medicina Chinesa, lembro-me muito bem de um chinês e mesmo do Pedro Choy referir que o leite é prejudicial, inclusive para os ossos. Houve risos - claro- as pessoas toma-no precisamente para obtenção de calcio e para a saude dos ossos. É um contra-censo.

Foi no seu quinto tumor, mesmo a fazer quimioterapia que decidiu suprimir por completo a ingestão de lácteos, incluindo todos os alimentos que contêm leite: sopas, biscoitos, pasteis, margaridas, etc..
Em poucos dias o tumor começou a encolher. Duas semanas mais tarde começou a incomodar-lhe e mingou.
Seis semanas depois havia desaparecido.

O oncologista de Jane do hospital de londres, ficou surpreso por não encontrar tumor, pois não esperava que alguém com cancro que já tinha invadido o sistema linfático, pudesse sobreviver. Este oncologista recomenda aos seus pacientes oncológicos uma dieta sem lácteos.

Ela diz no seu livro:
“Ainda que não seja fácil aceitar que uma substancia tão “natural” como o leite possa ter tais repercussões na saúde, eu não tenho duvida de que a relação que existe entre o leite e o cancro de mama é similar à que existe entre o tabaco e o cancro de pulmão.”

Para a professora Jane, o leite é um grande alimento, mas para os bezerros. Diz. “ Estou convencida de que salvei a minha vida por deixar de consumir leite de vaca. Só desejo que a minha experiencia possa servir a mais mulheres e homens que, sem o saberem, podem estar, ou virem a estar, doentes por causa dos lácteos que consomem.”

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

O que eu não preciso para ser feliz

imagem copiada net

Ao viajar pelo Ocidente, mantive contato com monges do Tibete, na Mongólia, no Japão e na China. Eram homens serenos, refletivos e em paz com os seus mantos de cor de açafrão.

No outro dia observava o movimento existente do aeroporto de San Pablo: a sala de espera cheia de executivos com telefones celulares, preocupados, ansiosos, geralmente comendo mais do que deviam.
Seguramente já tinham tomado o pequeno-almoço em suas casas, mas a companhia aérea oferecia outro café e todos o tomavam vorazmente.

Aquilo me fez refletir: “ Qual dos modelos produz mais felicidade?”

Encontrei-me  no elevador com a Daniela que tem 10 anos e como era manhã perguntei-lhe: “ não fostes à escola?” Ela respondeu: “não, vou de tarde.”
Comentei: “que bom, então de manhã podes brincar, dormir até tarde.”
“Não” respondeu ela, “tenho muitas coisas a fazer de manhã”
“ Que coisas?” Perguntei-lhe.
“ Tenho aulas de inglês, de dança, de pintura e de natação” e começou a detalhar sua agenda de mocinha robotizada.
Pensei para mim: “que pena que Daniela não disse: “tenho aulas de meditação!”

Estamos a formar super-homens e super-mulheres, totalmente equipados, mas emocionalmente infantis.

Uma cidade do interior de San Pablo tinha em 1960, seis livrarias e um ginásio; hoje tem sessenta ginásios e três livrarias!

Não tenho nada contra o melhoramento do corpo, mas preocupa-me a desproporção em relação ao melhoramento do espirito. Penso que vamos morrer esbeltos: “como está o defunto?”, “Oh! Uma maravilha, não tem celulite nenhuma!”

Mas como fica a questão do subjetivo? Do espiritual? Do amor?

Hoje, a palavra é “virtualidade”. Tudo é virtual.
Encerrado na sua casa em Brasília, um homem tem uma amiga íntima em Tóquio, sem nenhum interesse por conhecer a sua vizinha do lado!
 Tudo é virtual.
 Somos místicos virtuais, religiosos virtuais, cidadãos virtuais e somos também eticamente virtuais…

Outra palavra de hoje é “entretenimento”; o domingo é o dia nacional da imbecialidade coletiva.
 Imbecil o condutor, imbecil quem perde uma tarde diante da televisão.

Como a publicidade não lucra a vender felicidade, cria a ilusão de que a felicidade é o resultado de um conjunto de prazeres: “ se você tomar esta bebida, usar estes sapatos, esta camisa, se comprar este carro, você será feliz!”
 O problema geral é que não se chega a ser feliz! Quem cede desenvolve de tal forma o desejo, que termina a necessitar de um psicólogo. Ou de medicamentos. Quem resiste aumenta a sua neurose.

O grande desafio é começar a ver o quão bom é ver-se livre de todo este condicionamento globalizante, neoliberal e consumista.
Assim, se pode viver melhor.
Para uma boa saúde mental são indispensáveis três requisitos: Amizade, auto-estima e ausência de stress.

Há uma logica religiosa no consumismo moderno.

Na idade media, as cidades adquiriam status se construíssem uma igreja, hoje se construírem um Shopping-Center.

É curioso, a maioria dos Shopping-Center têm linhas arquitetónicas de catedrais e a eles não se pode ir de qualquer modo, é necessário vestir roupa de missa de Domingo. Lá dentro se sente uma sensação paradisíaca: não há mendigos, nem crianças a correr, nem sujidade…
 Ouvem-se sons gregorianos modernos ou aquelas musiquitas de esperar dentistas.
Observam-se várias lojas, todas elas com objetos veneráveis, oferecidos por belas mulheres.
Quem pode comprar se sente no reino dos céus.
Quem compra com cartão de crédito, sente-se no purgatório.
Quem não pode comprar, certamente sente-se no inferno…

Felizmente, terminam todos numa eucaristia moderna, como irmãos numa mesma mesa, com o mesmo sumo e o mesmo hambúrguer de Mac Donald…

Costumo responder aos empregados que se aproximam para publicitarem os seus produtos: “ só estou a fazer um passeio Socrático.” Me olham espantados; explico: “ Sócrates, filósofo grego, também gostava de descansar sua cabeça no Centro Comercial de Atenas. Quando vendedores o assediavam, respondia-lhes:…” só estou a observar quantas coisas existem, mas que eu não preciso para ser feliz.”

Fonte: Fei Beto; traduzido e adaptado de Pensamento Consciente por Mundo Higeia

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Suco da grama do trigo prova curar colite ulcerosa e oferece esperança a pacientes com cancro de mama submetidos à quimioterapia.

imagem copiada net

Há mais de 60 anos que defensores da Saúde por métodos naturais, louvam as propriedades da grama do trigo, mas só recentemente é que se fez um estudo para “provar” a sua eficácia.

O estudo foi apresentado na Scandinavian Journal Of Gastroenterology. 
Pacientes com colite ulcerativa ativa receberam 100cc de suco de grama de trigo em relação a outros que receberam um placebo. Os que completaram o estudo mostraram uma redução significativa na atividade da doença. Os pesquisadores apontam que este sucesso se deu devido ás propriedades antioxidantes contidas no suco da grama do trigo.

Outro estudo foi feito com pacientes com cancro de mama submetidos à quimioterapia e que receberam suco, para se poder observar se este inibia a mielotoxicidade.
Os antineoplásicos, como a quimioterapia afeta as células que estão em proliferação rápida, e provocam uma supressão da medula óssea, o que acarreta graves desequilíbrios na imunidade, coagulação de sangue, etc.
O estudo provou que o suco da grama de trigo pode reduzir estes problemas e principalmente a mielotoxicidade mesmo durante a quimioterapia.

Suco da grama do trigo absorve radicais livre e inibe células de gordura em ratos
A capacidade deste sumo absorver radicais livres foi observada usando o extrato da grama em base de água ou à base de álcool.
O estudo apresentou não só as propriedades antioxidantes impressionantes da grama do trigo, assim como também mostrou reduzir a gordura nas células hepáticas dos ratos.

O que é que estamos à espera para passar numa dietética, comprar trigo para germinar, colocar por 8 a 12 horas em água, escorrer e por numa bandeja com terra. Deixar crescer a grama, cortar, bater e beber o seu suco.

Façamos pela nossa Saúde…

 Fonte: traduzido da Natural New e adaptado por Mundo Higeia

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Como viver para não adoecer?

imagem copiada net

O Dr. Arturo Navia disse: “ Hoje em dia não existe o conceito de viver saudavelmente. Por isso estamos a perder a guerra contra o cancro. Então, é vital recordar a pergunta de Hipócrates – “como viver para não adoecer? “

Penso, que fica claro a necessidade de nós voltarmos a dar atenção aos “Mestres velhinhos da Saúde ” e retomar o foco primário – é o Estilo de Vida que cria tanto a doença como a saúde.
Este princípio de Vida-Saúde foi descartado pela medicina, quando passou da visão holística à visão reducionista e começou a considerar as doenças como casos isolados específicos, deixando de ver o ser humano e o corpo humano como um todo interconectado.

Por isso, sou defensora do Higienismo e de algumas práticas Naturopáticas que vêm o homem como um Ser Unificado, na qual qualquer doença está sempre ligada à forma do estilo de Vida.
Você muda a forma de viver e a doença muda.
 Por isso tudo o que eu recomendo e acredito ser de ajuda ao corpo tanto para modular os sintomas como curar as doenças tem como base a Desintoxicação, a limpeza de todas as toxinas, impurezas que obrigam este a inflamar para conseguir se livrar delas. 
O ponto de partida para a cura, melhor a modulação de qualquer doença é sempre “abrir as portas”, através da desintoxicação, da alcalinização, da regeneração.

Se queremos pensar em prevenção, temos de levar a serio a forma como vivemos, esta é para mim a única “ fórmula milagre” que existe, pois até então não vi outra.

Gengibre na Angina de Peito

imagem copiada net

Se voçe tem o diagnóstico de angina de peito deve introduzir na sua rotina diária a ingestão de gengibre. 
É um antioxidante, que oferece proteção aos vasos sanguíneos, fortalece os músculos do coração, tal como o medicamento digitalis.
O Dr. Paul Schulick escreveu o livro Ginger: Common Spice and Wonder Drug (Gengibre: especiaria comum e remedio milagroso), nele afirmava que uma clinica de cardiologia em Israel recomendava meia colher de gengibre em pó por dia na patologia – angina de peito.

Tome por dia uma ou duas chávenas de chá de gengibre, pode adoçar com mel.
Corte 2 ou 3 rodelas de raiz de gengibre e deixe ferver 5 minutos. Deixe arrefecer e saboreie o sabor picante.
O sabor picante tem uma ação dispersora, dirige a circulação para as extremidades, diminuindo a concentração sanguínea/energética na zona do peito.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Desinflamar é Curar

imagem copiada net
O Dr. Art Ayers tem um doutoramento em Biologia Molecular Celular e trabalhou na Universidade de Harvard.
Ele diz que a INFLAMAÇÃO é a base do cancro, das doenças cardiovasculares e degenerativas.
Defende que mudanças na dieta como o aumento das gorduras ómega 3, vitamina D, plantas antioxidantes, e a diminuição dos amidos e açucares junto com exercício físico para manter a massa muscular pode drasticamente alterar a predisposição a doenças e o envelhecimento.
No seu blogue – Colling inflammation – diz. “ Baseado na minha experiencia em biologia, posso provar como uma dieta anti-inflamatória junto com um determinado estilo de vida pode combater as doenças.

O que este biólogo aponta é alguma novidade?
Não.
Lezaeta disse: “ a natureza de toda a doença do interior do corpo é inflamatória”.
Inflamação, congestão ou irritação significa sempre um aumento da temperatura dos tecidos.

O que é a inflamação?
A palavra significa atear fogo, e é exatamente isto que a Sabedoria Interna do nosso corpo faz. Envia para o local mais sangue, mais líquidos corporais e células de defesa como leucócitos, macrófagos e linfócitos, e outras substâncias químicas, todos para ajudar a queimar e a limpar.


Considera-se que existe dois tipos de inflamação: A Aguda e a Cronica.
Por exemplo: a criança vai a correr, cai, ocorre uma lesão nos tecidos e a inflamação se instala rapidamente, esta chama-se inflamação aguda.
A inflamação cronica surge devagar, instala-se lentamente nos tecidos, como por exemplo na artrite.
As duas são diferenciadas pela sua velocidade em instalar-se, mas a função é sempre a mesma, é formar uma barreira contra algo que não pertence ao corpo. 

A inflamação assim como qualquer conjunto de sintomas a que damos nomes terminados em …ite, são sinónimos de dor, de perturbação no corpo, por isso acusa-se a doença ou a inflamação de serem agentes agressores.
A inflamação e todos os seus sintomas são ativados pelo organismo, não porque está doente mas porque precisa se defender.
Perante a inflamação aguda (uma criança com amigdalite) ou uma inflamação cronica (diabetes tipo 2), temos sempre um “sistema central interior” à defesa.

A Inflamação é um processo de concerto do organismo a um dano, que pode ser externo ou interno, e que dependente do local, dá um conjunto de sintomas diferentes:
Hepatite é a inflamação do fígado
Cistite é inflamação da bexiga
Sinusite é a inflamação dos seios frontais ou maxilares
Colite é inflamação do colon.
Nefrite é a inflamação dos rins.

Se o corpo não criasse a doença, sobreviveríamos quanto tempo?
Pensemos nisto…



quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Doutrina Térmica – várias doenças – o mesmo tratamento

imagem copiada net

O Naturopata/ Higienista Lezaeta criou uma doutrina baseada nas suas observações e experiencias de mais de 40 anos a curar doentes – A Doutrina Térmica.

Considerava que a vida “civilizada” do homem (estamos a falar de à 100 anos atrás), levava a desequilíbrios das temperaturas do corpo.

O que se come, como se come, a mistura e a quantidade dos alimentos, leva a um aumento da temperatura dos órgãos internos, e a um desarranjo funcional do organismo, iniciado por indigestões e obstipações.
Se por um lado aquecemos o interior, por outro arrefecemos o exterior – a pele.

Lezaeta confirmava e juntava dois sistemas naturistas, o de Kuhne, que dizia “ que não existe doente sem febre interna”, e o de Kneipp que descobriu ”que toda a alteração da Saúde era consequência da pele enfraquecida e inativa”.

Lezaeta no seu livro afirma: “devidamente provada nas minhas obras a verdade da minha Doutrina Térmica, como solução do problema da Saúde humana, apenas falta propaga-la ao máximo para que chegue ao conhecimento das massas como bandeira libertadora da escravidão moderna (Lezaeta estava no inicio do séc.XX, imaginemos o que ele diria se fosse nos dias de hoje)…”

Para este chileno não fazia sentido a diversidade existente de doenças, a doença é uma – a falta de Saúde.
E, porque que há falta de Saúde?
Pela febre gastrointestinal em grau variável.

A febre é o inimigo a combater (não estou a falar da febre que acusa nos termómetros quando estamos com uma inflamação aguda, esta é considerada de febre curativa e não temos de a baixar, somente controlar), ele disse “ febre e NÃO o micróbio é o inimigo que se deve combater em todo o doente, qualquer que seja o nome ou a manifestação da sua doença”.

Mas, o que é esta febre?
É um aumento da temperatura devido a um estado de natureza inflamatória e congestiva, que faz com que a temperatura nesse local suba acima dos 37 graus centígrados. Origina-se por reação nervosa e circulatória e porque os tecidos são submetidos a um trabalho maior que o normal, fazendo subir a temperatura.

 Qual era o tratamento de Lezaeta?
A primeira diretriz era equilibrar as temperaturas, fazendo diminuir a do aparelho digestivo, para que dessa forma pudéssemos elaborar sangue puro, que ele considerava de “remedio” infalível para levar Saúde e Vida a todos os tecidos e órgãos do corpo afetado.
Entre outras coisas a receita para obter Saúde, era:
- Fortificar a pele com aplicações frias.
- Refrescar os órgãos internos com banhos derivativos ao baixo-ventre.
- Aplicar argila para refrescar ou seja desinflamar.
- Uma dieta maioritariamente crudivorista, baseada em frutas, verduras, para diminuir o calor dos órgãos.
- Um dia por semana somente fruta crua e sem mistura entre elas.

O que disse Lezaeta sobre o Cancro do Estomago?
“ Para que exista esta anormalidade é preciso que, de forma muito cronica tenham-se mantido más digestões e deficientes eliminações da pele por grave e permanente desequilíbrio térmico do corpo.
Esta afeção na maioria das vezes desenvolve-se em pessoas de 40 a 60 anos e o tumor localiza-se na região do estomago próximo da saída, produzindo aperto nessa parte e dilatação deste órgão.
Esta doença é consequência de um mau regime alimentar, baseado em carnes, condimentos fortes, doces, gelados, bebidas alcoólicas, café e também resulta muitas vezes de uma úlcera tratada por drogas.

Tratamento
O tratamento desta doença torna indispensável a aplicação de uma dieta purificadora e refrescante baseada em frutas e saladas cruas bem mastigadas (o crudivorismo é bem velhinho).
Como em todo o doente cronico, é preciso colocar o corpo em equilíbrio térmico, para normalizar as suas funções digestivas e eliminadora da pele. Assim, aumentará o calor na superfície da pele e refrescar-se-ão os órgãos internos do canceroso.
O padre Tadeo diz sobre este assunto: “ o único remedio verdadeiramente eficaz para estes doentes, segundo a experiencia já comprovada, é a cataplasma de argila, acompanhada naturalmente de outros remédios internos e aplicações externas de água fria.”
Pela minha parte posso confirmar este juízo do sabio sacerdote, tendo experimentado em doentes do estomago os benéficos efeitos da argila. Ela descongestiona os tecidos doentes, purifica o aparelho digestivo, absorve o calor anormal.
Nos ataques de dores fortes a simples cataplasma de argila é suficiente para aclamar completamente a dor antes de uma hora.
Dia e noite o doente pode manter o barro sobre o ventre, mudando-o a cada 5 ou 6 horas.
Aplicar-se-ão 3 a 6 fricções de água fria.
Internamente, poderá tomar-se de hora a hora 1 colher de chá de cavalinha e salva.
Ao acordar, convém beber o sumo de um limão espremido em meio copo de água, não comendo senão após meia hora, pelo menos.

Um caso de Cura
D.A.C.F. agricultor rico, de 56 anos foi observado por mim em agosto de 1932. Estava diagnosticado com um tumor canceroso no estomago. A junta médica de Santiago (no Chile) assegurou que o doente devia ser operado antes de quatro dias, porque depois disso nada havia a fazer.
Quando chegou à minha consulta mal podia manter-se de pé. Não podia alimentar-se, porque até a água que ingeria vomitava. A insónia deprimia-o cada vez mais e estava dominado por grande nervosismo e melancolia.
Tinha já feito o seu testamento e estava preparado para a “viagem”.
Pela minha parte, informei-o que ele tinha uma grande inflamação no aparelho digestivo e anemia na sua pele. Convinha aumentar o calor na superfície da pele e descongestionar os órgãos internos.
Para conseguir aumentar a circulação do sangue na superfície da pele aconselhei-lhe de manha e á noite fricções de água fria.
Para descongestionar os órgãos internos prescrevi-lhe 2 ou 3 banhos genitais por dia e cataplasma de argila sobre o ventre durante toda a noite.
Como alimentação, somente fruta crua da época e em pequenas quantidades, até desaparecer todo o mau estar.
Após quaro dias de ter seguido este regime, o doente viu desaparecerem as suas fortes dores de estomago, os vómitos cessaram e conseguia dormir calmamente.

Em fins de dezembro de 1937 (5 anos mais tarde) encontrei-o numa das ruas de Santiago e interroguei-o sobre sua saúde, respondeu-me: “ estou melhor do que o Senhor”.
Vi-o novamente em 1952 e disse-me que seguia as minhas instruções, desfrutava assim de uma boa saúde.
Acrescentou no passado dia do seu aniversário tinha comido e bebido à vontade. Sentiu-se mal ao deitar, mas aplicou a cataplasma de argila sobre o ventre, e viu desaparecer todo o seu mal-estar.

Fonte: baseado e adaptado por mim, atravez do livro Medicina Natural ao alcance de todos de Lezaeta.