Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

segunda-feira, 28 de maio de 2012

A Consciência…

imagem copiada net

A Consciência já é consciente.
É o não-manifesto, o Eterno.

A consciência em si é intemporal, por isso não evolui. Nunca nasceu e nunca morrerá.
Quando a consciência se transforma no universo manifesto, parece estar sujeita ao tempo e passar por um processo evolucionário.
A mente humana não é capaz de compreender totalmente a razão deste processo.

O cérebro humano constitui uma forma altamente inteligível através da qual a consciência entra nesta dimensão.
 Contém cerca de cem mil milhões de células nervosas, designadas por neurónios, mais ou menos o mesmo número de estrelas que existem na nossa galáxia, que podia ser vista como um cérebro macroscópico.

O cérebro não cria a consciência, a consciência é que criou o cérebro, a forma física mais complexa á face da terra, para se exprimir.
Quando o cérebro sofre lesões, isto não significa que perdemos a consciência. Significa que a consciência já não pode usar essa forma para entrar nesta dimensão. Não podemos perder a consciência porque ela é a essência de quem somos. 
Só podemos perder algo que temos, não algo que somos.
Fonte: Echkart Tolle

Sem comentários:

Enviar um comentário