Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Meu desejo para 2012

Gosto de escrever os meus desejos.
Faço bloquinhos, tenho cadernos enfeitados, tudo para me incentivar a escrever, a focar-me naquilo que quero.
Já sabem que o meu grande e eterno desejo é a Saúde, pois ela para mim representa o meu bem-estar a todos os níveis. Com ela eu posso tudo, eu faço tudo, supero tudo.
Também desejo, como toda a gente, ter trabalho, fazer bons negócios, etc.
Então, nestes últimos anos, a lista tem sido imensa, com indicações do tipo, quantas vezes durante o dia tenho de respirar fundo, quantos minutos tenho de caminhar, etc.
Mas, para 2012 a minha carta dos desejos tem unicamente duas anotações:
OBRIGADO – TUDO foi necessário
Desejo ter AMOR INCONDICIONAL

Pergunto, se você que está a ler me entende?
Quero que acredite que não estou somente a usar palavras bonitas, é sincero, é a minha grande necessidade.
Porquê?
Porque se eu vibrar nesta frequência de Amor sempre, eu Sou tudo o que quero.
Se eu amar incondicionalmente, você pode-me agredir, como eu o amo vou-lhe perdoar, e essa agressão não me vai afectar.
Se eu amar incondicionalmente, cada momento é sagrado e uma eternidade. O que há  melhor? É sentir com intensidade as sensações, onde as cores ficam mais vivas, onde tudo é belo e tem valor, é quase viver o paraíso.
Se eu me amar incondicionalmente, não me vou agredir com alimentação impropria, não vou fazer nada contra meu corpo. Imagina o que isso é?
É respeito pelo universo interno, para mim o início do despertar.

A lista podia continuar, as justificações para o meu desejo não tem fim.
Se vou conseguir realizar o meu desejo, viver desta forma?
Respondo-vos com uma frase do Hino da criação do Rig Veda:
No princípio era o desejo, que constituía a primeira semente do espirito; os sábios meditando do fundo do coração, descobriram com o seu conhecimento, a ligação entre o existente e o não existente”
É meu desejo, mas não estou ligada ao resultado, não me exijo perfeição, antes um caminhar passo a passo onde mantenho aberta uma infinidade de possibilidades…

Para o nosso planeta, para a nossa Mãe terra, eu junto-me ao sonho e ao desejo de John Lennon…quero ser uma sonhadora, mas não quero ser a única, tenho certeza que este sonho é comum...e, eu imagino quando o Mundo Viverá como um Só.

Sem comentários:

Enviar um comentário