Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Quem é Você?

Mil cabeças, mil respostas. A maravilha da diversidade faz com que nunca estejamos de acordo. Mas…
Quem foi você?
Quem é?
O que vai ser?
Estas pequenas perguntas davam um livro, mas sem conclusão.

Hoje acordei de bem com a vida, com coragem e com entusiasmo, decidida arregaçar as mangas e responder. A resposta não será conclusiva, mas é mais uns pós que  se junta, porque esta coisa de ser qualquer coisa e não saber o quê, torna-nos famintos da chamada “busca eterna” ou da” verdade”. Jesus disse: “conheceis a verdade e a verdade vos libertará”, por isso vou-me esforçando para ver se encontro essa libertação, essa Liberdade, que acredito ser interna.

Estão preparados para ouvir? Eu vou dizer: Quem é você?

Você é o resultado do que sente.
Você é o resultado daquilo que acredita que vai acontecer.
Você é o resultado do que come.

Agora vamos lá explicar isto:

Do que sente…
O filosofo dizia …”penso logo existo”, eu prefiro “sinto logo existo”
Sentir é uma linguagem, como Osho disse “uma linguagem divina”. Veja a importância do reflectir sobre o Sentir. Sim porque aquilo que você sente, é o resultado de você.
“Sentir é a linguagem esquecida. Se você compreender o Sentir, você compreende o Todo.”(1) compreende a Vida e quem é você.
Sentir é a emoção do coração.

Daquilo que acredita que vai acontecer…
Você transforma-se naquilo que pensa a maior parte do tempo. Na índia diz-se que quando nascemos é nos dado um quadro em branco, e somos nós que o pintamos. Se a sua vida não é colorida, mude as tintas. Vibre em cores positivas, semelhante atrai semelhante.
Acredite, no que você quer, pode não o conseguir hoje, mas senão duvidar, um dia vai ser seu. Acredite, acredite de coração… em você.

Do que come…
É o alimento que sustenta essa parte visível do seu Eu, o seu corpo.
Será que podemos comer qualquer coisa, dita comestível? “Comer” alguma coisa significa “tornar-se idêntico”.
Já pensaram porque Einstein, Newton, Voltaire, Osho, Da Vinci e muitos outras celebridades eram vegetarianas?
Os alimentos podem facilitar ou complicar a sua capacidade de aprendizagem, de concentração, de comunicação, de amar ou de ser raivoso.
Não podemos separar o alimento do corpo, do alimento do espírito, aquele que alimenta um reflecte-se no outro.

Fica aqui uma pequena vã filosofia, sobre o que pensei no dia de hoje.

Ao escrever estas frases, eu decidi que amanhã eu quero Sentir-me muito bem, Acreditar que o céu é o limite para os meus desejos, que a minha Alimentação tem de estar de acordo com os meus pensamentos, para que este Templo, onde habita a minha Alma, permaneça por algum tempo… aqui.

1) palavras de Osho

1 comentário:

  1. Um óptimo post para reflectirmos durante o fim de semana.

    Gosto muito das palavras de Osho.

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar