Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Foi o lanche de Domingo...

Cá em casa, somos três, eu, o marido e a filha, acompanha-nos uma cadelinha( Rita), e uma gata(pitucha).
É com alguma tristeza, que vos digo, que somente eu tendo ao Higienismo Natural. Claro que a filha e o marido também bebem sumos, comem muitas saladas, leites vegetais, mas… também comem tudo aquilo que a sociedade decidiu que seria alimentação do Homem no sec.XXI. Então, eu como dona de casa( sou eu que faço tudo nesta casa)tenho que fazer refeições do agrado da restante família. Mas como mulher que sou, tenho que ser astuta, e então escolho pratos e doces, o menos prejudicial possível.
Neste blog, não só vou colocar receitas cruas (saudáveis e deliciosas), como receitas que faço em casa para a minha família.
Ontem (domingo), em todo o território Português choveu muito, condição essencial para ficar no conforto da casa (e agradecer por isso).
Então, o que será que nos apetece para o lanche, quando ficamos de pijama vestido, pantufas nos pés, sentados num sofá com uma mantinha polar pelos joelhos, a ver um filme e a ouvir a chuva e o vento que faz na rua?
Um chazinho e um bolinho.
Então apresento-vos o bolo que ontem fiz:

Bolo de Chuchu e Clementina
Ingredientes:
1 CHUCHU
2 Clementinas
3 Ovos ( preferencia caseiros)
1 Xícara de açúcar mascavado ou amarelo
0,5 Xícara de óleo (eu pus ligeiramente menos)
2 Xícaras de farinha
1 Colher café de fermento para bolos (eu uso pó Royal)
1 Colher de café de canela
1 Colher de café de erva-doce
1 Xícara mal cheia de nozes em pedaços.


Descascar o chuchu e partir em pedaços.
 Lavar muito bem as clementinas, cortar ao meio, para tirar o fio branco e as pevides.
Colocar no liquidificador, o chuchu e as clementinas em pedaços com a casca. Bater.
Juntar os 3 ovos inteiros. Bater muito bem.
Acrescentar o óleo, a erva-doce e a canela e voltar a bater.
Deitar para uma taça, acrescentar as duas xicaras de farinha, por ultimo o fermento. Juntar as nozes. Envolver.
Se a massa ficar muito liquida (no meu caso acrescentei mais duas colheres de sopa de farinha), acrescentar farinha.
Untar uma forma de buraco no meio, polvilhar com açúcar mascavado (o açúcar que se devia usar) e canela.
Deitar a massa, polvilhar por cima com açúcar (pouco) e canela, levar ao forno pré-aquecido nos 180º.
Rectificar se está cozido com o palito.
Enquanto coze, a cozinha é inundada por uma mistura de aroma de canela e erva-doce. Nestes dias de frio, até aquece o coração.

Vai uma fatia?

1 comentário:

  1. Gostei muito do teu blog :-)
    Quanto às perguntas que me fizeste, o marido trabalha fora de casa, eu estou em casa com os miúdos (ela 5 anos e ele 3 anos e não estão em nenhuma escola), mas trabalho mais em casa do que alguma vez trabalhei noutro trabalho qualquer. Ele vai à horta e as galinhas antes de sair para o trabalho e eu vou com miúdos sempre que o tempo o permite (agora de Inverno é mais complicado). A nossa intenção é que a nossa horta seja o mais biológica que se conseguir, até agora temos conseguido.
    Obrigada pela tua visita que me permitiu conhecer este canto tão acolhedor.
    Um beijinho

    ResponderEliminar