Mundo Higeia

Bem Vindo a este Mundo!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

O que faço para o jantar?

Eu tento. Juro que me esforço, mas a coisa é antiga, está localizada no meu interior, bem lá no fundo. Gostava tanto de a deletar, mas como não consigo, passei a aceita-la. O quê? A minha desorganização. Claro que há dias e dias, uns piores e outros melhores, mas aprendi a conviver com ela e dou sempre a volta por cima.
Hoje, cheguei a casa,  não tinha nada descongelado, não passei por nenhuma loja para comprar algo, não tinha ído comprar comida feita ( além de cara, não sou muito adepta), não tenho em casa comida pré-feita que é só ir ao microondas ( também não se usa por cá), enfim, o que fazer? INVENTAR

SALADA DO QUE SE TEM.




Em água temperada com sal e umas gotas de azeite, cozi massa ( rabinhos de porco - não sei se é assim que se chama, mas é o que parece), umas tantas ervilhas, e uns quantos milhos.
 Depois de cozer, escorri no passador.






Numa saladeira grande, coloquei 1 cebola ás rodelas fininhas, lascas de pimento verde, 3 cenouras cruas  raladas, umas folhas de alface ripadas.
Juntei a massa, com as ervilhas e o milho.
Envolvi.
Acrescentei, umas folhas de agrião ( nesta altura, cá por casa, consome-se muito agrião cru), 5 delicias do mar cortadas em rodelas, e este bom ramo de salsa, cortadinho fininho.





Por fim, nesta saladeira tão cheia, juntei uma lata de atum.
Temperei com sal marinho, muitos oregãos, sumo de limão e azeite extra virgem.







É este o aspecto. Gostam?







Já no prato
Mais uma receita, cá de casa, onde eu tento introduzir alimentos crus, neste caso: alface, agrião, cenoura, salsa, pimento.
É economica, podemos dizer saudável ( com algumas rectificações ficava melhor), rápida, saborosa e salvadora de "cabeças no ar, como eu".

Sem comentários:

Enviar um comentário